Wednesday, February 15, 2012

Aqueles...

Não fique bravo, não guarde ódio.
Entenda de uma vez que algumas pessoas nasceram para ser secundárias.
Sem peso na humanidade.
Pessoas que se tornam nosso passado. Remoto, nada saudoso.

Se questione, mas não se cobre.
Buscar o foco não é tão fácil, e por esse motivo mesmo muitos se esquecem de querê-lo.
Não se iguale aos inigualáveis.
Às versões alternativas de pessoas normais. E que nunca chegarão a ser nem um nem outro.
Tudo por falta de espaço interior.
Está tudo preenchido com o vazio burro da soberba.

É aquela busca incansável pelo autoconhecimento. 
O qual nunca é atingido.
Os que são parte da razão pela humanidade ser assim medíocre a ponto de nos esquecermos de quem somos.

E eu tenho uma âncora tatuada no braço para me lembrar de onde zarpei e para qual caminho estou a ir.





1 comment:

  1. "Não se iguale aos inigualáveis"... the best!

    ReplyDelete